Categoria: Budismo

    Budismo no Ocidente

    No Comments
    Templo Budista nos Estados Unidos da América

    Templo Budista nos Estados Unidos da AméricaQuase desconhecido no Ocidente antes de 1850, o budismo começou a difundir-se por volta de 1900, em parte devido a um ex-coronel do Exército americano, Henry S. Olcott (1832-1907) e uma mística russa, Helena Blavatsky (1831-91). O budismo também cresceu com o Parlamento Mundial das Religiões que ocorreu em Chicago, EUA, em 1893, ao qual compareceram muitos budistas asiáticos.

    Na metade do século XX, quase todas as tradições e escolas budistas estavam representadas no Ocidente, em comunidades de imigrantes e entre convertidos ocidentais. Nos mosteiros, templos e casas de meditação em todo o Ocidente o budismo criou raízes em ambientes completamente diferentes daquele onde nasceu.

    Fonte: Coogan, Michael D. Religiões. São Paulo: Publifolha, 2007.

    Budismo na China

    No Comments
    templo_budista_china

    templo_budista_chinaO budismo chegou à China no século I, pela Rota da Seda, havendo dificuldades de miscigenação da tradição budista com a cultura chinesa. Em 907, entretanto, o budismo já exercia importante papel na civilização chinesa. Nesse período, ocorreu o nascimento das escolas maaianas chinesas clássicas, inclusive a tradição de meditação chan (dhyana) e das escolas filosóficas tiantai e huayan. O budismo chinês também foi muito influenciado pela crença maaiana em budas e bodisatvas celestes.

    Como fé estrangeira, o budismo foi perseguido na China, mesmo durante a dinastia Tang e, com o renascimento do neoconfucionismo durante a dinastia Song, perdeu o domínio.

    A variação chinesa do budismo foi disseminada na Coréia , Japão e Vietnã.

    Fonte: Coogan, Michael D. Religiões. São Paulo: Publifolha, 2007.

    Budismo no Tibete

    No Comments
    Templo Budista Jokhang em Lhasa no Tibete

    Templo Budista Jokhang em Lhasa no TibeteO budismo chegou ao Tibete em 2 momentos conhecidos como a Primeira e a Segunda Difusão do Darma.

    A Primeira Difusão do Darma se iniciou quando as esposas do rei tibetano Srong-btsan-sgam-po levaram imagens do Buda para a capital, Lhasa e se findou com perseguição que ocorreu no reinado de Glang-dar-ma.

    O Primeiro Mosteiro Budista no Tibete foi construído no fim do século VIII com a colaboração do santo tântrico indiano Padmasambhava, do erudito indiano Shantarakshita e do rei tibetano Khri-srong-lde-btsan. A história do budismo tibetano carateriza-se pelos elementos que esses 3 fundadores representam: meditação e rituais tântricos, disciplina monástica intelectual e poder real secular.

    A Segunda Difusão do Darma ocorreu no final do século X e subdividiu-se em 4 ceitas distintas: Nyingmapa, Kadampa, Kargyupa e Gelukpa. Esta última deu origem aos Dalai Lamas.

    Fonte: Coogan, Michael D. Religiões. São Paulo: Publifolha, 2007.

    Expansão do Budismo

    No Comments
    budistas_templo_budista

    budistas_templo_budistaA expansão da comunidade budista ocorreu graças ao Imperador Asoka, da dinastia Maurya, que governava o nordeste da Índia. Asoka converteu-se publicamente ao budismo, apoiando a expansão da religão além das fronteiras do seu governo.

    Nos primeiros seis ou sete séculos da era cristã, o budismo foi importante alavanca para o florescimento da cultura indiana, onde os mosteiros budistas eram escolas sofisticadas que formavam os monges em filosofia, religião, medicina, astronomia e gramática.

    Com a invasão estrangeira, o foco da vida monástica muda-se para o Ganges, próximo a Bihar e Bengala. A partir do século XI, a influência dos mosteiros indianos se enfraqueceu e muitos monges e reis budistas de Mianmar e da Tailândia buscaram orientação no Sri Lanka, na escola de teravada, uma das 18 escolas em ascenção na época. Assim, a ortodoxia teravada foi adotada nessas regiões.

    Fonte: Coogan, Michael D. Religiões. São Paulo: Publifolha, 2007.

    Escolas Budistas

    No Comments
    escolas_budistas

    A comunidade budista é denominada Sangha. Muitos dos escritos sobre a história de Sangha foram eescolas_budistasscritos cerca de 500 anos após a morte de Buda, por isso é difícil estabelecer claramente o seu desenvolvimento, entretanto, sabe-se que a religião budista teve grande repercussão no desenvolvimento da civilização da Ásia.

    Após a morte de Buda em 484 ou 543 a.C , ocorreu o Primeiro Concílio Budista, na cidade de Rajagrha, proposto por Kashyapa, discípulo de Buda, para reforçar os seus ensinamentos e as regras monásticas e para estipular princípios e práticas comuns para uma doutrina budista.

    Um século depois foi organizado na cidade de Vaishali o segundo Concíclio para discutir variações no código monástico, o que resultou numa primeira divisão das escolas budistas:

    • sthaviras, os antigos;
    • mahasamghikas, a grande comunidade.

    Este foi o início da fragmentação da Shanga em 18 escolas (nikayas), que antecipou a ruptura entre as tradições do veículo menor (hinaiana) e do veículo maior (maaiana).

    Referências

    1. Coogan, Michael D. Religiões. São Paulo: Publifolha, 2007.

    Dicas

    Veja Sites de Escolas Budistas em http://www.dharmanet.com.br